Cotidiano Saúde e Estética

Quais vitaminas o organismo precisa aos 20, 30 e 40 anos?

Escrito por Redação

Nosso organismo tem necessidades constantes de vitaminas tanto aos 20, aos 30 como aos 40 ou mais anos.

No entanto, estas necessidades não são sempre exatamente iguais.

Anote o tipo de vitaminas que seu organismo necessita especialmente em função de sua idade.

Vitaminas aos 20

Mulher com pele bonita graças a vitaminas

Nesta idade fazemos numerosas atividades físicas e, ainda que não saibamos, o corpo começa a se preparar para a maternidade.

  • Deste modo obtemos a resistência geral através de polivitaminas.
  • A elasticidade da pele, o tom e um cabelo saudável aparecem através das vitaminas A, D e zinco.
  • Com relação ao sistema reprodutor, este precisa especialmente de vitamina E, de ácido fólico e de ferro.
  • O sistema imune funciona especialmente graças às vitaminas B6 e B12.
  • O bom estado geral do organismo se consegue através da vitamina C.

Dieta ideal

Tanto se consumirmos muitos doces industrializados como se pulamos as refeições, poderemos sofrer com o sobrepeso ou uma péssima alimentação.

Assim, saiba que aos 20, é a etapa ideal para começar uma rotina de bons hábitos alimentares.

  • Nesta etapa, o corpo precisa de minerais e proteínas para o desenvolvimento da massa muscular.
  • O melhor será ingerir gorduras de origem vegetal e aumentar o consumo de ferro, de vitaminas B e C, com o objetivo de fortalecer o sistema imune.

Vitaminas aos 30

As verduras aportam muitas vitaminas

Nesta idade o próprio corpo protege o organismo de doenças futuras, assim como mantém a eficiência de todos os sistemas.

Nesta etapa da vida, a elasticidade e a preservação do bom estado da pele dependem das vitaminas A e E.

  • O sistema imune e o nervoso funcionam graças às vitaminas do grupo B, a vitamina C e o magnésio.
  • O bom funcionamento do corpo também se dá graças ao zinco, à vitamina A e ao ferro e, a restauração celular acontece em função do fósforo e do cálcio.

Dieta ideal

Nesta etapa da vida, talvez você comece a ver na balança alguns gramas a mais que, pouco a pouco, vão aumentando.

Se for o seu caso, é o momento de agir e de reduzir a quantidade de alimento ingerido, já que o metabolismo vai ficando mais lento.

Procure comer alimentos mais saudáveis e naturais. Opte por:

  • Saladas
  • Peixes azuis (ricos em Ômega 3)
  • Verduras refogadas
  • Cinco porções de frutas por dia
  • Cereal no café da manhã para prover fibras ao organismo
  • Alimentos ricos em cálcio e em ferro

Fuja dos alimentos processados e de certos condimentos, como os molhos e os alimentos fritos, que somente trarão calorias vazias.

Vitaminas aos 40

Morango com iogurte aporta vitaminas

Aos 40 anos aparece uma etapa na qual seguimos conservando a juventude, mas é o momento de proteger os pontos mais fracos.

  • Se você tem um nível de energia baixo pode ser que tenha anemia e precisará ingerir ferro.
  • Para proteger os ossos, teremos que tomar cálcio e vitamina D.
  • Caso tenha ansiedade, dores musculares e câimbras o que precisará será magnésio e potássio.
  • Se você busca proteger a saúde do seu coração e seus vasos sanguíneos precisará de ácido fólico e vitamina B12.
  • Logo, se você quer ter a melhor proteção cancerígena e antioxidante, precisará de vitaminas A, C, D e E.

Dieta ideal

Nesta etapa o corpo começará a experimentar as primeiras mudanças hormonais. A dica para combater as possíveis mudanças de peso está nos antioxidantes.

Os alimentos ricos em antioxidantes previnem o efeito dos radicais livres sobre nosso corpo. Estes são os culpados pelo envelhecimento prematuro das células.

  • Não deixe de ingerir cinco porções diárias de verduras e frutas. Tampouco se esqueça do peixe ao vapor ou grelhado e consumir frutos secos.
  • Nesta etapa será importante aumentar o consumo de alimentos ricos em vitaminas A e D para combater a osteoporose.
  • Também devemos reduzir a quantidade de sal que ingerimos, para não sofrer, no futuro, de retenção de líquidos que nos façam ganhar quilos a mais.

Sobre o autor

Redação

Comentários no Facebook