Saúde e Estética

5 “ajustes” simples para fazer durante o jantar para emagrecer

Escrito por Redação
Muito além do que possamos pensar, pular o jantar não nos fará perder peso. O que conseguiremos na verdade é perder a saúde e o bem-estar.

Comer bem é sinônimo de viver bem e por isso, nada pode nos ajudar a nos sentir melhor por dentro e por fora do que se esforçar um pouco mais e cuidar não só de tudo aquilo que colocamos em nossos pratos, como também nos hábitos que acompanham nossa alimentação.

Um exemplo disso são nossos horários: a hora em que jantamos, sem dúvidas, determinará ter um melhor ou pior descanso.

Assim, uma alimentação pesada a altas horas da noite fará com que nosso organismo tenha que realizar um esforço extra para digerir os alimentos.

Consequentemente, aparecerá a insônia e, com ela, o aumento de peso progressivo.

São os maus hábitos que geram quilos a mais, aquele cansaço matinal, aquela acidez estomacal e, no futuro, até aquela diabetes.

Devemos nos cuidar, devemos nos escutar e devemos melhorar um pouco mais a qualidade de nossos jantares.

Hoje em nosso artigo explicaremos 5 simples ajustes que você pode fazer para melhorar a qualidade dos seus jantares: não custam dinheiro e são fáceis de serem aplicados.

1. Começar com uma sopa

Sopa no jantar emagrece

Sopa de cenoura, de aipo, de abóbora…. Nunca é demais conseguir uma deliciosa receita e vegetais frescos da temporada para preparar uma sopa saudável e sensacional.

A razão pela qual é recomendado incluir as sopas em nossos jantares e como primeiro prato é simples: ajudarão a nos sentirmos saciados.

Por outro lado, nos farão dormir muito melhor ao evitar uma carga extra na digestão e além disso obteremos bons nutrientes.

Logo, ao se tratar de um prato que costuma ser consumido quente, é ideal para as pessoas que chegam em casa com um pouco de ansiedade: nos obriga a comer devagar e oferece um alívio reconfortante a nosso estômago.

2. Por que devemos jantar cedo?

Sabemos que nem sempre é possível jantar na hora que gostaríamos. Todos dependemos de horários e obrigações.

No entanto, na medida do possível, é essencial respeitar este princípio: devemos jantar, no mínimo, duas horas antes de dormir.

Desta maneira disporemos de 7 a 8 horas de descanso profundo e reparador.

Assim daremos ao nosso metabolismo a oportunidade de digerir os nutrientes, de ter um sono adequado e de cuidar de nosso peso e bem-estar.

3. Não se trata de jantar “pouco”, e sim de escolher os melhores alimentos

Jantar que emagrece

Entre não jantar nada e jantar um pacote de batatas fritas, é melhor não jantar nada. Entre jantar uma batata ao forno e um prato de peixe com espinafres, sempre será melhor o último.

Trata-se, então, de comer bem, de escolher de forma certa os alimentos que são ideais para nossos jantares.

Estas seriam algumas pequenas orientações:

  • Melhor verduras cozidas do que cruas, pois são melhor digeridas.
  • Melhor peixe do que carne, já que nosso corpo a estas horas agradece mais a proteína do peixe, e ante tudo, seus ácidos graxos saudáveis, maravilhosos para o coração e para o nosso peso.
  • Adicione, com preocupação e sem exceder, cereais integrais ou sementes entre duas ou três vezes por semana no jantar: ajudarão a reparar os tecidos durante a noite.

4. Não aos empanados, molhos, frituras…

Sabemos que quando preparamos os jantares não costumamos ter nem muito tempo nem muita vontade. Logo, recorremos muitas vezes às clássicas frituras, aos pastéis congelados, às lulas empanadas, àquele frango empanado.

Não é o adequado por três razões básicas: nos fará ganhar peso, não nos sentiremos saciados e demoraremos muito mais tempo para digerir estes alimentos…. Sem contar, além disso, que não são especialmente nutritivos.

Assim, e somente como exemplo, uma ideia para que os jantares nos ajudem a perder peso e a cuidar de nossa saúde, nada melhor do que incluir:

  • Peixes ricos em ômega 3
  • Um pedaço de fruta digestiva
  • Um copo de leite de aveia com mel
  • Infusões relaxantes como a tília ou a sálvia

5. Fruta: sim ou não durante o jantar?

Frutas para emagrecer

A fruta em nossos jantares pode ser um perigo se escolhermos aquelas que costumam ser mais pesadas, mais ricas em açúcar ou até mesmo aquela muito processada que tenha perdido todos os seus nutrientes originais.

  • Como recomendação, cabe lembrar que receitas como as maçãs assadas são muito certas para um bom jantar.
  • Os mamões ou as peras também são sensacionais.
  • As bananas, não muito maduras, são fantásticas por uma razão concreta: contém triptofano, um aminoácido que nos ajudará a ter um descanso profundo e relaxante.
  • Como proposta saborosa, não podemos nos esquecer da gelatina, ideal para ser consumida entre 2 e 3 vezes por semana em nossos jantares.

Para concluir, estas 5 ideias são fáceis de serem aplicadas e nos ajudarão não só a melhorar nosso corpo, como também a cuidar um pouco mais de nossos hábitos de vida.

Sobre o autor

Redação

Comentários no Facebook