Tecnologia

Comportamento e consumo do gamer de consoles no Brasil

Escrito por Raphaella Martins

Dentre os apontamentos do levantamento, verificou-se a ampliação da vantagem das mulheres sobre os homens como o maior público de games no Brasil, além do crescimento dos eSports e a relação que pais e filhos têm com os video games e o tipo de plataforma favorito dos jogadores do país.

O gamer brasileiro se consolida com o perfil multiplataforma – 74% jogam em mais de um dispositivo. O smartphone continua o mais popular (77,9%), seguido de computadores (66,4%) e consoles (49%). Apesar de toda a popularidade dos jogos, apenas 6,1% dos entrevistados se consideram “hardcore gamers”. A maioria se identifica como um consumidor casual, que utiliza os jogos somente como uma forma simples de entretenimento (54,1%). Mas hoje, abordaremos apenas o perfil que se identifica como gamer de consoles.

Na categoria de video games – que é particularmente minha plataforma preferida – o Xbox 360 continua como o console mais popular do país. Cerca de 44% dos entrevistados afirmaram possuir a plataforma da Microsoft, enquanto o PS3 veio em segundo (29,2%), seguido pelo PS2 (26,5%) e o PS4 (21,8%). Já a Nintendo só aparece na sexta posição com o Wii (5,8%). Mas em contra partida, entre os entrevistados que se declararam “gamers hardcore”, o PlayStation 4 é a máquina mais popular estando nas casas de 54% das pessoas que assim se identificam. O console da Sony também se tornou o favorito do público brasileiro, sendo a plataforma de preferência de 30,7% de quem respondeu a pesquisa, e superando o Xbox 360 (28,6%).

Pesquisa divulgada em: www.pesquisagamebrasil.com.br

Este ano, a Pesquisa também questionou os brasileiros sobre qual é sua “marca do coração” e pelo visto as raízes plantadas pelo PS1 e PS2 continuam firmes no Brasil. 59% dos entrevistados responderam que preferem PlayStation, enquanto 36% ficam com Xbox e apenas 5% preferem a Nintendo.

Outro destaque é o perfil de compra do gamer da categoria de Video Game é que 67,5% adquirem produtos no varejo brasileiro oficial, 17,3% no mercado paralelo e 9,5% em viagens internacionais. A principal motivação para compra em uma revenda oficial é a garantia (85,7%). A maioria compra até 3 jogos por ano. Um fator interessante no comportamento de compra é a aquisição de jogos usados, citado por 47,9% dos entrevistados.

A edição 2017 da Pesquisa Game Brasil foi feita através de um questionário quantitativo com 2.947 pessoas em todo território nacional. Vale ressaltar que até o fechamento desta pesquisa a Nintendo ainda não havia lançado o Nintendo Switch.

Sobre o autor

Raphaella Martins

Raphaella Martins, 21 anos, publicitária formada pelo Unileste, gamer com 19 anos de experiência por influência de um pai dono de locadora nos anos 90 e apaixonada pela cultura nerd e geek.

Comentários no Facebook